As Mortes e o Triunfo de Rosalinda

4 avg rating
( 1 ratings by Goodreads )
 
9788535915846: As Mortes e o Triunfo de Rosalinda

Publicado em 1965, ao lado de Marques Rebelo, Carlos Heitor Cony, João Antonio e Campos de Carvalho, entre outros, na coletânea de contos Os dez mandamentos, As mortes e o triunfo de Rosalinda ocupa um lugar sui generis na obra de Jorge Amado. O autor definiu seu texto como "tentativa frustrada de estabelecer a escola do realismo anárquico". Trata-se do jorro verbal, em primeira pessoa, do assassino confesso de Rosalinda, diante de um interlocutor que muda a todo momento: é alternadamente um militar, um bispo, um desembargador, uma madre superiora e outros representantes da autoridade. Ao longo da sua dissertação, a própria Rosalinda se revela um ser fantástico, de muitas vidas e muitas mortes nos quatro cantos do planeta: "Rainha do Carnaval, princesa hindu, membro do comitê central de todas as confrarias eclesiásticas e de todos os partidos superados ou em via, madre superiora e pomba do pecado, dona de casa de mulheres-damas, presidenta da obra em benefício das mães solteiras, sem falar nos títulos universitários". Em suas múltiplas faces, Rosalinda acaba sempre por colocar em xeque a supremacia masculina, levando seu amante a desejar destruí-la. Sátira feroz dos poderes instituídos, o livro subverte igualmente as convenções literárias e as prisões da lógica. Ilustrado pelo artista gráfico Fernando Vilela e comentado pelo escritor angolano Pepetela, ganhador do prêmio Camões (1997), o livro faz parte da série de contos ilustrados de Jorge Amado, ao lado de O milagre dos pássaros e De como o mulato Porciúncula descarregou seu defunto.

"synopsis" may belong to another edition of this title.

(No Available Copies)

Search Books:



Create a Want

If you know the book but cannot find it on AbeBooks, we can automatically search for it on your behalf as new inventory is added. If it is added to AbeBooks by one of our member booksellers, we will notify you!

Create a Want