Imagem, êcone, Economia: As Fontes Bizantinas do Imaginario Contempor‰neo

 
9788578660925: Imagem, êcone, Economia: As Fontes Bizantinas do Imaginario Contempor‰neo
View all copies of this ISBN edition:
 
 

Nos séculos VIII e IX, em plena crise decorrente do iconoclasmo bizantino, a imagem se tornou uma problemática filosófica e política pela primeira vez na história ocidental. Numa violenta arena de disputas, entre seu culto e sua proibição, ela virou o cerne de uma questão passional. Nesse período, a Igreja se viu obrigada a produzir um relato da situação teológica da imagem religiosa que, no entanto, não poderia levantar a mais leve suspeita de idolatria. A solução encontrada foi uma doutrina inspirada na configuração da imagem de Deus, natural e invisível, num ícone, artificial e visível, decalcado de Cristo. Essa "transfiguração" foi adaptada à realidade em carne viva dos aflitos seres humanos. A partir dessa peculiar "encarnação" da imagem no corpus christi surgiu uma matriz icônica que seria capaz de definir toda uma cultura baseada na gestão simultânea do invisível e do visível. Uma complexa economia perfeitamente construída, que serviu de base para a estratégia política e pedagógica do poder temporal eclesiástico na administração das paixões de uma comunidade, sob a égide da divina providência. Trata-se de um dispositivo de governo calcado na comunhão dos corpos e das almas em torno de uma instituição totalitária. Um império que se ergueu a partir de "visibilidades programáticas", feitas para transmitir uma única mensagem. Essa imagética também serviu para sustentar as operações de "incorporação": a imagem era absorvida como uma substância com a qual o fiel fascinado,

"synopsis" may belong to another edition of this title.

(No Available Copies)

Search Books:



Create a Want

If you know the book but cannot find it on AbeBooks, we can automatically search for it on your behalf as new inventory is added. If it is added to AbeBooks by one of our member booksellers, we will notify you!

Create a Want