Results (1 - 30) of 83

Show results for

Product Type

  • All Product Types
  • Books (83)
  • Magazines & Periodicals
  • Comics
  • Sheet Music
  • Art, Prints & Posters
  • Photographs
  • Maps
  • Manuscripts &
    Paper Collectibles

Refine by

Condition

Binding

Collectible Attributes

  • First Edition
  • Signed
  • Dust Jacket
  • Seller-Supplied Images
  • Not Printed On Demand

Seller Location

Seller Rating

POLICARPO DA SILVA. (António Manuel)

Used
Softcover

Quantity Available: 1

From: Livraria Castro e Silva (Lisboa, Portugal)

Seller Rating: 5-star rating

Add to Basket
Price: US$ 47.92
Convert Currency
Shipping: US$ 26.75
From Portugal to U.S.A.

Destination, Rates & Speeds

About this Item: Soft Cover. Divididas as viagens em mil e uma carapuças. Ortografia actualizada, prefácio, glossário e notas por João Palma-Ferreira Professor de Literatura Portuguesa na Universidade de Salamanca e Bolseiro do Instituto de Alta Cultura. Estúdios Cor. Lisboa. 1973. De 23x16 cm. Com 313 pags. Brochado. Ilustrado no texto com reprodução de gravuras antigas. Obra cássica da literatura popular portuguesa (Inocêncio em 1858: V, 119): 'Esta obra, em que se ha pretendido achar tal qual imitação, ou similhança do Escriptorio avarento de D. Francisco Manuel de Mello, imprimiu-se pela primeira vez em Lisboa, creio que no anno de 1804, ou proximamente. Depois de servir por muito tempo de agradavel entretenimento e diversão aos serões de nossos paes, acha-se de todo esquecida, ou pouco menos'. Language: Português / Portuguese Location/localizacao: 9-2-H-7. Seller Inventory # 1109IM619

More information about this seller | Contact this seller 1.

O PIOLHO VIAJANTE: POLICARPO DA SILVA.

POLICARPO DA SILVA. (António Manuel)

Used
Hardcover

Quantity Available: 1

From: Livraria Castro e Silva (Lisboa, Portugal)

Seller Rating: 5-star rating

Add to Basket
Price: US$ 47.92
Convert Currency
Shipping: US$ 26.75
From Portugal to U.S.A.

Destination, Rates & Speeds

About this Item: Hard Cover. divididas as viagens em mil e uma carapuças. Ortografia actualizada, prefácio, glossário e notas por João Palma-Ferreira Professor de Literatura Portuguesa na Universidade de Salamanca e Bolseiro do Instituto de Alta Cultura. Estúdios Cor. Lisboa. 1973. De 23x16 cm. Com 313 pags. Encadernação do editor. Ilustrado no texto com reprodução de gravuras antigas. Obra clássica da literatura popular portuguesa (Inocêncio em 1858: V, 119): 'Esta obra, em que se ha pretendido achar tal qual imitação, ou similhança do Escriptorio avarento de D. Francisco Manuel de Mello, imprimiu-se pela primeira vez em Lisboa, creio que no anno de 1804, ou proximamente. Depois de servir por muito tempo de agradavel entretenimento e diversão aos serões de nossos pais, acha-se de todo esquecida, ou pouco menos'. Language: Português / Portuguese Location/localizacao: 8-8-E-30. Seller Inventory # 1206JC069

More information about this seller | Contact this seller 2.

FERNANDES TOMÁS. (Manuel)

Used
Softcover

Quantity Available: 1

From: Livraria Castro e Silva (Lisboa, Portugal)

Seller Rating: 5-star rating

Add to Basket
Price: US$ 59.90
Convert Currency
Shipping: US$ 26.75
From Portugal to U.S.A.

Destination, Rates & Speeds

About this Item: Soft Cover. AO REDACTOR DO ASTRO DA LUSITANIA DADA Á LUZ PELO COMPADRE DE LISBOA. LISBOA: NA OFFIC. DE ANTONIO RODRIGUES GALHARDO, Impressor do Conselho de Guerra. Com licença da Commissaõ de Censura. 1821. De 21x16 cm. Com 22 pags. Brochado. De 21x16 cm. Com 22 pags. Brochado deve ser encadernado. Inocêncio V, 422 (526) Manuel Fernandes Tomás, natural da villa da Figueira, sita na foz do Mondego, e nascido em 1771. Foi despachado Juiz de fóra da villa de Arganil em 1801, e em 1805 nomeado Superintendente das Alfandegas e dos Tabacos nas comarcas de Aveiro, Coimbra e Leiria. Commissario do exercito até 10 de Fevereiro de 1812, data em que foi restituido á Provedoria, com predicamento de Desembargador da Relação do Porto. Entrando como effectivo n'esta Relação em fins de 1817, fundou na mesma cidade em Janeiro seguinte, com José Ferreira Borges e José da Silva Carvalho, o Synedrio, ou associação politica que preparou, dirigiu e consummou a revolução de 24 de Agosto de 1820, como se póde ver das Revelações e Memorias para a historia da dita revolução, escriptas pelo consocio José Maria Xavier de Araujo. Foi Membro da Junta provisional do Supremo Governo do Reino, e Deputado ás Côrtes constituintes congregadas em 26 de Janeiro de 1821, em cujos trabalhos teve parte mui activa e conspicua,até o encerramento d'ellas em 4 de Novembro de 1822'. Language: Português / Portuguese Location/localizacao: 4-3-C-5. Seller Inventory # 1110IM313

More information about this seller | Contact this seller 3.

ROTH. (Chrestien Frederico Guilherme)

Used
Softcover

Quantity Available: 1

From: Livraria Castro e Silva (Lisboa, Portugal)

Seller Rating: 5-star rating

Add to Basket
Price: US$ 95.84
Convert Currency
Shipping: US$ 26.75
From Portugal to U.S.A.

Destination, Rates & Speeds

About this Item: Soft Cover. DAS SCIENCIAS, E ARTES PRINCIPAES. Segundo a explicaçam detalhada do systema dos conhecimentos humanos, e o discurso preliminar dos Editores da Encyclopedia, publicado por Mrs. d'Alemberte Diderot. Em París 1751. REDUZIDA EM FORMA DE ARVORE PARA DESCOBRIR O CONHECIMENTO HUMANO DE HUM GOLPE. POR. Em Weimar 1769. Copiada,Traduzida porV. A. F. d. C. [Verissímo António Ferreira da Costa]. LISBOA: NA IMPRESSÃO REGIA. 1818. In 4º (de 21x15 cm) com (i)-38 pags. Brochado. Exemplar com título de posse marginal e leves picos de traça na folha de rosto. Obra sobre a classificaçãoeos conceitosepistemológicosdas ciências e a abrangência entre as mesmas.Inocêncio VII, 417. Language: Português / Portuguese Location/localizacao: 4-4-A-32. Seller Inventory # 1205CC138

More information about this seller | Contact this seller 4.

TRATADO THEORICO E PRATICO SOBRE A MANEIRA: VILLARINHO DE S.

VILLARINHO DE S. ROMÃO. (Visconde de)

Used
Hardcover

Quantity Available: 1

From: Livraria Castro e Silva (Lisboa, Portugal)

Seller Rating: 5-star rating

Add to Basket
Price: US$ 95.84
Convert Currency
Shipping: US$ 26.75
From Portugal to U.S.A.

Destination, Rates & Speeds

About this Item: Hard Cover. Condition: Good. ECONOMICOS E SALUBRES. Pelo. Par do Reino, Socio effectivo da Classe de Sciencias Naturaes da Academia Real das Sciencias, e Director interino da mesma Classe. Lisboa. Na Typographia da mesma Academia.1843. De 21x15 cm. Com 103 pags. Ilustrado com quadro de dados. Encadernação recente, ao gosto da época, com lombada em pele e ferros a ouro. Exemplar com falta das 2estampas litografadas em fólios desdobraveis. Inocêncio I, 184: "ANTONIO LOBO DE BARBOSA FERREIRA TEIXEIRA GIRÃO, 1.º Visconde de Villarinho de S. Romão em 1835, Par do Reino, Deputado ás Côrtes constituintes em 1821, Prefeito das provincial de Traz os Montes e Extremadura em 1834, Socio da Academia R. das Sc. de Lisboa, da Sociedade Promotora da Industria Nacional, etc.-Nasceu na provincia de Traz os Montes a 5 de Novembro de 1785". Language: Português / Portuguese Location/localizacao: 8-11-D-11. Seller Inventory # 1203CC110

More information about this seller | Contact this seller 5.

ANTONIO FERREIRA POETA QUINHENTISTA.: CASTILHO. (Julio de)

CASTILHO. (Julio de)

Used
Hardcover

Quantity Available: 1

From: Livraria Castro e Silva (Lisboa, Portugal)

Seller Rating: 5-star rating

Add to Basket
Price: US$ 95.84
Convert Currency
Shipping: US$ 26.75
From Portugal to U.S.A.

Destination, Rates & Speeds

About this Item: Hard Cover. Condition: Good. Estudos biographico-litterarios. Livraria de B. L. Garnier, Editor. Rio de Janeiro. Paris. 1875. 2 volumes (de 3). De 18x11 cm. Com 267 e 293 pags. Encadernações do editor em percalina verde estampada a seco nas pastas e nas lombadas. Impresso na Typ de Simão Raçon, Paris, 1875. Encontra-se em falta o 3º volume desta obra. Inocêncio XIII, 253 "Antonio Ferreira, poeta quinhentista. Estudos biographico litterarios, seguidos de excerptos do mesmo auctor. Ibi, na mesma Typ., 1875. 8.o gr. 3 tomos. - (267 294 225 pag.) São os tomos XI, XII e XIII da Livraria Classica." Language: Português / Portuguese Location/localizacao: 8-1-H-12. Seller Inventory # 0907NM150

More information about this seller | Contact this seller 6.

ALBUQUERQUE. (António de)

Used
Hardcover

Quantity Available: 1

From: Livraria Castro e Silva (Lisboa, Portugal)

Seller Rating: 5-star rating

Add to Basket
Price: US$ 95.84
Convert Currency
Shipping: US$ 26.75
From Portugal to U.S.A.

Destination, Rates & Speeds

About this Item: Hard Cover. Condition: Good. Romance. Editor - Antonio de Albuquerque. Imprimerie Liberté. Bruxelles. 1908. De 20x13 cm. Com 352 págs. Meia encadernação em pele, com nervos na lombada e ferros e título a ouro sobre a mesma. Exemplar da 1ª edição, apresentando corte de folhas carminado no topo. Inocêncio XXII, 166: 'António de Albuquerque, como usa assinar seus escritos é-segundo informações que tenho-aparentado com famílias nobres do país, porêm não consegui colher notas biográficas a seu respeito.' 'Este livro causou ruìdoso sucesso. Dias antes do seu aparecimento, já era procurado com interêsse. Uma noite fez-se a distribuìção pelas livrarias enquanto o autor transpunha a fronteira. Alguns livreiros suspeitando, talvez, que o livro continha doutrina prevista pela célebre lei de 13 de Fevereiro de 1896, não o aceitaram, e outros o vendiam com precaução. Entretanto o gerente da Livraria Tavares Cardoso, Largo do Camões, expunha-o na montra. No dia imediato foi ali o agente da polícia, que apreendeu um exemplar do livro, voltando no seguinte a convidar o dito gerente a comparecer perante o Chefe Ferreira. Idêntico convite foi feito aos Srs. Joaquim Monteiro, gerente da Parçaria António Maria Pereira, José Pereira, sócio do livreiro José António Rodrigues, e Francisco José Gomes de Carvalho, a quem muitos supunham o editor, ou, pelo menos, que havia cedido a casa para a composição do Marquez da Bacalhoa. A autoridade inquiriu do número de exemplares vendidos e quem havia fornecido um para o Paço. Ouvidas as respostas, aconselhou a que custassem a venda, para o que confiava na probidade dos livreiros. Se porém não acatassem êsse convite mandaria proceder a buscas domiciliárias e apreensão de exemplares. Isto não obstou à continuação da venda clandestina.' na propalada e requestada obra contam-se 'as tropelias de um ministro 'Nunes' durante o reinado do 'Marquês da Bacalhoa', não sendo muito difícil descortinar a que personagens reais correspondiam os nomes postos no livro pelo autor, António de Albuquerque'. Tal exercício da referencialidade efectuou-o Vasco Pulido Valente no início de 1998, ao referir que as personagens são 'o Marquês (D. Carlos, na realidade, proprietário da Quinta da Bacalhoa), a Marquesa (D. Amélia), o conselheiro João Nunes dos Santos (João Franco), D. Álvaro de Luna (Mouzinho de Albuquerque), Maria de Silves (a Condessa de Sabugosa) e a Condessa da Freixosa (a Condessa de Figueiró, a famigerada Pepa Sandoval, amiga da Rainha). Language: Português / Portuguese Location/localizacao: 8-6-F-23. Seller Inventory # 1211JC112

More information about this seller | Contact this seller 7.

CHIADO, António Ribeiro, 1520?-1591

Published by Offic. de Simão Thaddeo Ferreira, Lisboa (1783)

Used
Softcover

Quantity Available: 1

From: Artes & Letras (Lisboa, Portugal)

Seller Rating: 4-star rating

Add to Basket
Price: US$ 119.79
Convert Currency
Shipping: US$ 16.98
From Portugal to U.S.A.

Destination, Rates & Speeds

About this Item: Offic. de Simão Thaddeo Ferreira, Lisboa, 1783. Opúsculo (17 cm) de 43, [3] pp. Br. Exemplar com alguma acidez devido à qualidade do papel. Inocêncio não conheceu qualquer exemplar da edição original dos folhetos do poeta Chiado, tendo tido notícia deles pelas referências de Barbosa. É ainda Inocêncio que nos diz que esta reedição dos letreiros foi feita por Bento José de Sousa Farinha, a partir de um exemplar existente na livraria do rei. Silva, Inocêncio Francisco da. (1858-1958). Diccionario Bibliographico Portuguez. Imprensa Nacional. Lisboa. Vol. 1, p. 246. Seller Inventory # 5157

More information about this seller | Contact this seller 8.

D. MIGUEL, A SUA REALEZA E O: RIBEIRO. (Thomaz)

RIBEIRO. (Thomaz)

Used
Hardcover

Quantity Available: 1

From: Livraria Castro e Silva (Lisboa, Portugal)

Seller Rating: 5-star rating

Add to Basket
Price: US$ 143.75
Convert Currency
Shipping: US$ 26.75
From Portugal to U.S.A.

Destination, Rates & Speeds

About this Item: Hard Cover. Condition: Good. Lisboa. Typographia Universal. 1880. De 22,5x15 cm. com 311 págs. Encadernação com a lombada em tela. Obra que refuta as acusações dos Governos Liberais feitas aos absolutistas e ao Rei D. Miguel, sobre o empréstimo obrigacionista no valor de 40 milhões de francos contraido em 1832 pelo governo de Dom Miguel e que com o desfecho da guerra civil contrário aos partidários Miguelistas foi repudiado pelos novo Regime Liberal. Tal decisão política que não tinha sustentação no direito, desencadeou grande polémica e prejudicou gravemente a situação financeira do regime por este ter ficado impedido de contrair empréstimos em boas condições. Obra rara e muito importante para a história do Século XIX em Portugal. Foi publicada outra edição em 1881 por outro editor. Tomás António Ribeiro Ferreira. (Parada de Gonta 1831- ) foi um advogado, poeta, escritor e político português conhecido por Tomás Ribeiro que adquiriu grande popularidade pelo seu poema D. Jaime. Desempenhou diversos cargos políticos, entre eles ministro, deputado e par do Reino. Inocêncio não descreve esta obra sendo apenas referida no volume XIX como: «O emprestimo de D. Miguel. Estudo económico e político.» Inocêncio XIX, 267. Inocêncio VII, 325. Language: Português / Portuguese Location/localizacao: 9-23-B-28. Seller Inventory # 1802PG071

More information about this seller | Contact this seller 9.

MEMORIAL DAS PROEZAS DA SEGUNDA TAVOLA REDONDA.: FERREIRA DE VASCONCELLOS.

FERREIRA DE VASCONCELLOS. (Jorge)

Used
Hardcover

Quantity Available: 4

From: Livraria Castro e Silva (Lisboa, Portugal)

Seller Rating: 5-star rating

Add to Basket
Price: US$ 143.75
Convert Currency
Shipping: US$ 26.75
From Portugal to U.S.A.

Destination, Rates & Speeds

About this Item: Hard Cover. Condition: Good. Por ao muyto alto e muyto poderoso Rey Dom Sebastião prymeiro deste nome em Portugal, Nosso Senhor. Impressa pela primeira vez no anno de 1567. Typ. do Panorama. Lisboa. M DCCC LXVII [1867]. De 22x15 cm. Com viii-368 pags. Encadernação recente em percalina verde preservando capas da brochura no final da obra. Obra clássica da literatura portuguesa. Inocêncio IV, 167 e XII, 179: "Saiu segunda edição em 1867. Lisboa, na typ. do Panorama. 8.º gr. de VIII 368 pag. Dirigiu esta impressão o sr. Manuel Bernardes Branco, segundo se vê da advertencia preliminar por elle assignada. [Sobre o autor] JORGE FERREIRA DE VASCONCELLOS Cavalleiro professo na Ordem de Christo. Escrivão do Thesouro Real e da Casa da India, etc. Pouco se sabe da sua biographia, havendo até duvida sobre a terra onde nasceu, que uns querem fosse Coimbra, e outros Monte-mór o velho. Casou com D. Anna de Sousa, senhora que emparelhava com elle em nobreza e qualidades, da qual houve um filho que morreu na batalha de Alcacerquibir, e uma filha que se desposou depois com D. Antonio de Noronha. Consta que falecera em 1585, e que fôra com sua mulher sepultado no cruzeiro do antigo convento da Trindade de Lisboa. A deliberação que tomou de não declarar o seu nome em nenhuma das obras que compoz e imprimiu, deu logar a que no futuro se levantassem duvidas sobre a paternidade de algumas. [Sobre a obra] MEMORIAL DAS PROEZAS DA SEGUNDA TAUOLA REDONDA. Ao muyto alto e muyto poderoso Rey dõ Sebastião primeyro deste nome em Portugal nosso senhor. Com licença. Em Coimbra. Em casa de Ioão de Barreyra 1567. Barbosa aponta em logar d"esta edição outra, com alguma differença no titulo, e dá-a como impressa no dito anno, pelo mesmo impressor, mas em Lisboa, e no formato de folio. Tudo induz a crer que se enganou em suas indicações, e que jamais existiu essa duplicada edição. Da que fica descripta, e que é rarissima, apenas tenho ao presente noticia da existencia de dous exemplares em Portugal. Oxalá que dentro em pouco tempo não tenhamos a lamentar a perda de algum d"elles, ou ainda a de ambos juntos participando de sorte egual á de outras similhantes preciosidades litterarias que possuiamos, e que vão infelizmente desapparecendo de dia em dia, para mais se não recuperarem!" Language: Português / Portuguese Location/localizacao: 8-7-D-34. Seller Inventory # 1103JC055

More information about this seller | Contact this seller 10.

ARTE DE GRAMMATICA LATINA: PEREIRA XAVIER, António.

PEREIRA XAVIER, António.

Used
Hardcover

Quantity Available: 1

From: Livraria Castro e Silva (Lisboa, Portugal)

Seller Rating: 5-star rating

Add to Basket
Price: US$ 143.75
Convert Currency
Shipping: US$ 26.75
From Portugal to U.S.A.

Destination, Rates & Speeds

About this Item: Hard Cover. Condition: Good. Para instrucção da Mocidade Portugueza, que Á SOBERANA, AUGUSTA, E FIDELISSIMA RAINHA NOSSA SENHORA, D. MARIA I. O. D. C. SEU AUTHOR ANTONIO PEREIRA XAVIER, Mestre em Artes, e professor da Lingua Latina nesta Corte. Terceira Edição, Reformada, e accrescentada com Escholios, Advertencias, Notas, e varias outras Explicações. LISBOA Na Officina de Simão Thaddeo Ferreira. ANNO M. DCC. LXXXIV. [1784]. In 8º (de 15x10 cm) com [16], 307 pags. Encadernação da época inteira de pele com nervos e ferros a ouro na lombada. Exemplar com folhas de guarda e anterrosto com notas coevas manuscritas a tinta. Inocêncio não menciona. Language: Latim / Latin Location/localizacao: M-5-E-9. Seller Inventory # 1306JC072

More information about this seller | Contact this seller 11.

NOÇÕES THEORICAS DE ARCHITECTURA CIVIL.: COSTA SEQUEIRA. (José

COSTA SEQUEIRA. (José da)

Used
Hardcover

Quantity Available: 1

From: Livraria Castro e Silva (Lisboa, Portugal)

Seller Rating: 5-star rating

Add to Basket
Price: US$ 179.69
Convert Currency
Shipping: US$ 26.75
From Portugal to U.S.A.

Destination, Rates & Speeds

About this Item: Hard Cover. Condition: Good. Seguidas de um breve tratactado das cinco ordens de J. B. de Vignola. Traduzidas e compiladas pelo Professor Substituto da Aula de Desenho de Architectura civil da Academia de Bellas Artes de Lisboa, e offerecidas aos Discipulos da mesma Aula. Lisboa: Typographia de A. S. Coelho. 1839. Junto com: BREVE TRATADO DAS CINCO ORDENS DE ARCHITECTURA de Jacomo Barrozio de Vinhola, Adornado com Estampas methodicamente desenhadas, e apropriadas ao estudo das pessoas que de dedicam á referida Arte. Traduzido e compilado pelo Professor Substituto da Aula de Architectura civil da Academia das Bellas Artes de Lisboa, J. C. Sequeira e offerecida aos Alumnos da mesma Academia. Lisboa: Typographia de A. S. Coelho, 1841. Com 28 pags. Ilustrado com 14 belas estampas desdobráveis desenhadas pelo autor e gravadas por J. J. dos Santos e F. J. Ribeiro.2 obras encadernadas em 1 volume. De 21x15 cm. Encadernação da época com lombada em pele com ferros a ouro e pastas em papel decorativo. Exemplar com carimbos de posse no rosto e nas páginas interiores. Inocêncio não menciona a edição de 1841 do "Breve Tractado das Cinco Ordens"; mencionando-o apenas com 3 estampas. Inocêncio IV, 298 e XII, 287: "José da Costa Sequeira Nasceu, na freguesia de Nossa Senhora da Ajuda, em Belém, em 1800. Filho de Pedro Victor da Costa Teixeira e de D. Mariana Rosa das Dominações. Seu pai fora alferes do regimento de infantaria n.º 1, fizera parte da Legião Portuguesa, e morreu na famigerada retirada da Rússia em 1811. José da Costa não tinha o apelido Sequeira. Começou a usa-lo com licença de seu tio materno, o celebre pintor Domingos António de Sequeira. Estudou na casa do risco, no real Palácio da Ajuda, desde 1818 até 1821, em que o promoveram a ajudante arquitecto supranumerário, lugar que desempenhou sob a direcção dos arquitectos Fabri e Rosa, até 1824, em que o despacharam para as obras públicas. Desde essa época entrou em comissões diversas, e foi incumbido de obras de muita importância, como em Cascais, Sesimbra e Runa; do plano da igreja da Senhora da Rocha, em Linda a Pastora, de 1828 a 1832; da direcção dos trabalhos do jardim de S. Pedro de Alcântara, em 1836; da construção do quartel para o antigo batalhão naval, em 1845; da construção do edifício para o real observatório astronómico de Lisboa, do plano para a conclusão do real paço da Ajuda, do jazigo real de S. Vicente de Fora, etc. Um dos fundadores e primeiro secretário da associação dos arquitectos civis portugueses, secretário da academia de Belas Artes de Lisboa; sócio correspondente da Academia de Belas Artes do Rio de Janeiro e de outras sociedades estrangeiras; cavaleiro da ordem de S. Tiago, do mérito científico, literário e artístico. Era homem de estudo e de muita aplicação, e por isso respeitado na sua classe. Silvestre Pinheiro Ferreira convidara o para a direcção da secção artística da Encyclopedia portugueza, e o visconde de Castilho pediu lhe para escrever uma nota para a traducção dos Fastos. Colaborou no Archivo da Associação dos Architectos. Morreu na sua casa de Lisboa em 1872. Language: Português / Portuguese Location/localizacao: SDC V3. Seller Inventory # 1201JC056

More information about this seller | Contact this seller 12.

TRATADO SOBRE A ORIGEM, E A NATUREZA: SÁ (José António

SÁ (José António de)

Used
Hardcover

Quantity Available: 1

From: Livraria Castro e Silva (Lisboa, Portugal)

Seller Rating: 5-star rating

Add to Basket
Price: US$ 179.69
Convert Currency
Shipping: US$ 26.75
From Portugal to U.S.A.

Destination, Rates & Speeds

About this Item: Hard Cover. Condition: Good. Em que se refutão as opiniões dos mais célebres DD. Publicistas e Civilistas DEDICADO AO ILL.mo E EXC.mo SENHOR D. JOÃO DE BRAGANÇA SOUSA E LIGNE Conde de Miranda, Marquez d’Arronches, Duque de Alafões General junto á Real Pessoa, Governador das Armas da Corte, e Estremadura, e Presidente da Academia das Sciencias de Lisboa. Por José António de Sá Oppositor ás Cadeiras de Leis da Universidade de Coimbra, e Socio Correspondente da mesma Academia. LISBOA Na Offic. de SIMÃO THADEO FERREIRA. Anno M. DCC. LXXXIII. [1783]. In 8º (16x10 cm) com xiii-193-(i) pags. Encadernação da época com lombada e cantos quebrados. Exemplar com oxidação generalizada devido a qualidade própria do papel e pequena mancha marginal em rodapé. Inocêncio IV, 246 "José António e Sá, Doutor em Leis pela Universidade de Coimbra, e Opositor ás cadeiras da mesma Faculdade; entrando depois no serviço da magistratura, foi Juiz de fora da vila de Moncorvo, Desembargador da Relação do Porto, Conselheiro honorário da Fazenda por decreto de 3 de Dezembro de 1811; Sócio da Academia Real das Ciências de Lisboa etc., etc. Morreu em 1819, e foi sepultado na ermida da sua quinta do Pinheiro, a Sete Rios. 2655) Tractado sobre a origem e natureza dos testamentos, deduzido dos principios mais solidos dos direitos divino, natural, civil, publico e das gentes. Em que se analysa a politica dos antigos povos, e se refutam as opiniões dos mais celebres doutores publicistas e civilistas. Lisboa, na Offic. de Simão Thaddêo Ferreira 1783. 8.º de XVI 194 pag". Language: Português / Portuguese Location/localizacao: 9-23-C-30. Seller Inventory # 1105JC094

More information about this seller | Contact this seller 13.

NOÇÕES THEORICAS DE ARCHITECTURA CIVIL,: COSTA SEQUEIRA. (José

COSTA SEQUEIRA. (José da)

Used
Hardcover

Quantity Available: 1

From: Livraria Castro e Silva (Lisboa, Portugal)

Seller Rating: 5-star rating

Add to Basket
Price: US$ 179.69
Convert Currency
Shipping: US$ 26.75
From Portugal to U.S.A.

Destination, Rates & Speeds

About this Item: Hard Cover. Condition: Good. seguidas de um breve tractado das cinco ordens de J. B. de Vignola. Traduzidas e compiladas pelo Professor Substituto da Aula de Desenho de Architectura Civil da Academia de Bellas Artes de Lisboa, e offerecidas aos Discipulos da mesma Aula. Lisboa, Typographia de José Baptista Morando, 1858. Junto com: BREVE TRACTADO DAS CINCO ORDENS DE ARCHITECTURA de Jacomo Barrozio de Vinhola, Adornado com estampas methodicamente desenhadas, e apropriadas ao estudo das pessoas que de dedicam á referida arte. Traduzido e compilado pelo Professor Substituto da Aula de Architectura Civil da Academia das Bellas Artes de Lisboa, J. C. Sequeira, e offerecido aos alumnos da mesma academia. Lisboa, Typographia de José Baptista Morando, 1858. Ilustrado com 14 belas estampas desdobráveis desenhadas pelo autor e gravadas por J. J. dos Santos e F. J. Ribeiro. 2 obras encadernadas em 1 volume. De 23x17 cm. Com 28 pags. Encadernação recente com lombada em pele. Inocêncio IV, 298 e XII, 287: "José da Costa Sequeira Nasceu, na freguesia de Nossa Senhora da Ajuda, em Belém, em 1800. Filho de Pedro Victor da Costa Teixeira e de D. Mariana Rosa das Dominações. Seu pai fora alferes do regimento de infantaria n.º 1, fizera parte da Legião Portuguesa, e morreu na famigerada retirada da Rússia em 1811. José da Costa não tinha o apelido Sequeira. Começou a usa-lo com licença de seu tio materno, o celebre pintor Domingos António de Sequeira. Estudou na casa do risco, no real Palácio da Ajuda, desde 1818 até 1821, em que o promoveram a ajudante arquitecto supranumerário, lugar que desempenhou sob a direcção dos arquitectos Fabri e Rosa, até 1824, em que o despacharam para as obras públicas. Desde essa época entrou em comissões diversas, e foi incumbido de obras de muita importância, como em Cascais, Sesimbra e Runa; do plano da igreja da Senhora da Rocha, em Linda a Pastora, de 1828 a 1832; da direcção dos trabalhos do jardim de S. Pedro de Alcântara, em 1836; da construção do quartel para o antigo batalhão naval, em 1845; da construção do edifício para o real observatório astronómico de Lisboa, do plano para a conclusão do real paço da Ajuda, do jazigo real de S. Vicente de Fora, etc. Um dos fundadores e primeiro secretário da associação dos arquitectos civis portugueses, secretário da academia de Belas Artes de Lisboa; sócio correspondente da Academia de Belas Artes do Rio de Janeiro e de outras sociedades estrangeiras; cavaleiro da ordem de S. Tiago, do mérito científico, literário e artístico. Era homem de estudo e de muita aplicação, e por isso respeitado na sua classe. Silvestre Pinheiro Ferreira convidara-o para a direcção da secção artística da Encyclopedia Portugueza, e o visconde de Castilho pediu-lhe para escrever uma nota para a tradução dos Fastos. Colaborou no Arquivo da Associação dos Arquitectos. Morreu na sua casa de Lisboa em 1872. Language: Português / Portuguese Location/localizacao: 8-2-G-73. Seller Inventory # 1208JC040

More information about this seller | Contact this seller 14.

ANALYSE DA PROFISSÃO DE FÉ DO SANTO: PEREIRA DE FIGUEIREDO.

PEREIRA DE FIGUEIREDO. (António)

Used
Hardcover

Quantity Available: 1

From: Livraria Castro e Silva (Lisboa, Portugal)

Seller Rating: 5-star rating

Add to Basket
Price: US$ 179.69
Convert Currency
Shipping: US$ 26.75
From Portugal to U.S.A.

Destination, Rates & Speeds

About this Item: Hard Cover. Condition: Good. Por Deputado da Real Meza da Commissão Geral sobre o Exame, e Censura dos Livros. LISBOA, NA OFFIC. DE SIMÃO THADDEO FERREIRA. ANNO M. DCC. XCI. [1791]. In 8º gr. (de 21x15 cm) com 92 pags. Encadernação com lombada e cantos em pele natural. Exemplar com vestígios de manchas de humidade e oxidação nas primeiras e últimas páginas; e apresentando um ex-libris oleográfico da Biblioteca da Casa Palmela. Inocêncio I, 223 e VII, 227: "Padre António Pereira de Figueiredo (1.º), da Congregação do Oratório de Lisboa, da qual saiu em 1769 para o estado de Presbítero secular, Deputado da Real Mesa Censória, Sócio da Acad. Real das Ciências de Lisboa, havido por um dos maiores latinistas da Europa no século passado [Séc. XVIII], e celebre pelos seus escritos teológicos e por sua incontestável e profunda erudição, nasceu na Vila de Mação, comarca de Tomar, em 1725. Morreu em 1797, na Casa de N. S. das Necessidades, onde já vivia recolhido como hóspede desde 1785. A Analyse da profissão de fé de Pio IV foi condenada em Roma pela Congregação do Index, por decreto de 20 de Janeiro de 1795, como já o haviam sido anteriormente outras obras de Pereira, e nomeadamente as suas Theses de suprema Regum por outro decreto de 16 de Junho de 1766. A propósito da Analyse, o sr. dr. Cândido Mendes de Almeida no seu Direito Civil Ecclesiastico Brasileiro, tomo I, pag. 1293, traz a respeito dela alguns factos curiosos, e o parecer que relativamente á mesma obra dera ao Ministro de Estado D. Rodrigo de Sousa Coutinho o Arcebispo D. Fr. Manuel do Cenáculo, então ainda bispo de Beja. Pela minha parte acrescentarei, segundo as informações que tenho, que na Bibl. Eborense existe o exemplar da Analyse, que Pereira oferecera a Cenáculo, com carta datada de 17 de Maio de 1791, á qual se acha junto o rascunho da resposta do bispo, agradecendo ao autor, e louvando muito o livro, pelo modo como desfiando separa linhas brancas e pretas". Language: Português / Portuguese Location/localizacao: 9-23-F-33. Seller Inventory # 1108JC125

More information about this seller | Contact this seller 15.

FACTOS MEMORAVEIS DA HISTORIA DE PORTUGAL,: ALMEIDA MACEDO. (Luís

ALMEIDA MACEDO. (Luís António)

Used
Hardcover

Quantity Available: 1

From: Livraria Castro e Silva (Lisboa, Portugal)

Seller Rating: 5-star rating

Add to Basket
Price: US$ 179.69
Convert Currency
Shipping: US$ 26.75
From Portugal to U.S.A.

Destination, Rates & Speeds

About this Item: Hard Cover. Condition: Good. OU RESUMO DA HISTORIA DESTE PAIZ, desde a antiguidade, até aos nossos dias. Em geral se acha a descripçaõ dos costumes, e usos de seus habitantes, suas descobertas, seu commercio, suas guerras, e os acontecimentos mais admiráveis que tem passado em todas as épocas; extraído de acreditados escritores: Por L. A. de A. M. Lisboa, na Typographia Rollandiana. 1826. In 8º (de 15x10 cm) com [iv], 316, [vi] pags. Encadernação da época inteira de pele. Ilustrado com 6 belas gravuras extratexto abertas em chapa de metal, com os seguintes quadros da história de Portugal: 1ª D. João de Castro jura que a sua probibade o tem levado a última indigência; 2ª El-Rei D. Pedro I faz tributar as Reais honras ao corpo de Inês de Castro sete anos depois de morta; 3ª Últimos instantes do célebre Afonso de Albuquerque; 4ª Sepúlveda tendo naufragado sobre a costa de Africa acha a mulher e filhos mortos de fome; 5ª D. João da Costa jura guardar o segredo que lhe confiara Almada; e 6ª Terramoto de Lisboa. Exemplar com ex-libris. Inocêncio V, 212 e XIII, 336: 'Luis Antonio de Almeida Macedo, Capitão tenente da armada, curador dos réus menores junto do Supremo Conselho de Justiça Militar. Era condecorado com a ordem de Aviz. Morreu em Setembro de 1843, contando sessenta e dois anos de idade. Factos memoraveis da Historia de Portugal, ou Resumo da historia deste paiz desde a antiguidade até os nossos dias, extrahido de acreditados auctores. Lisboa, Typ. Rollandiana 1826. 8.º com seis estampas. – Saiu com as iniciais « L. A. A. M.» Este livro teve primeiramente o título de Feitos memoraveis, etc., que depois foi substituído por Factos. Vej. a seu respeito a censura de José Agostinho de Macedo (que o reviu para a impressão como censor do Ordinario), a qual apareceu publicada no Correio interceptado de José Ferreira Borges, a pag. 185 e seguintes, e contém matéria curiosa'. Language: Português / Portuguese Location/localizacao: M-5-E-12. Seller Inventory # 1310JC062

More information about this seller | Contact this seller 16.

JOSÉ DA SILVA CARVALHO E O SEU: VIANNA. (António)

VIANNA. (António)

Used
Hardcover

Quantity Available: 1

From: Livraria Castro e Silva (Lisboa, Portugal)

Seller Rating: 5-star rating

Add to Basket
Price: US$ 179.69
Convert Currency
Shipping: US$ 26.75
From Portugal to U.S.A.

Destination, Rates & Speeds

About this Item: Hard Cover. Condition: Good. Compilação annotada por sócio correspondente da Academia Real das Sciencias. Documentos para a Historia Contemporanea. Lisboa. Imprensa Nacional. 1891-1894. Em 3 Volumes. De 26x18 cm. Com 510, (iii)-512 E (iii)-210 pags. Encadernações em telapreservando capas de brochura originais. Ilustrado com uma fotografia de José da Silva Carvalho (1782-1856) no primeiro volume e duas gravuras de miniaturas de Silva Carvalho e de Agostinho José Freire da autoria de A. J. Santa Barbara 1838-1843 em fotogravura de R. Paulussen, Viena, 1894. Fac-simile desdobrável em extra texto do manuscrito do Imperador D. Pedro IV com instruções da expedição militar ao Algarve seguido de um aditamento escrito por Silva Carvalho no Volume I. Fac-simile desdobrável em extra texto do documento autografo em que o Imperador D. Pedro autorizou a supressão dos conventos de religiosos, bem como de outras reformas radicais. No volume II: quadro sinóptico desdobrável onde se publica a constituição dos ministérios de Dom Pedro e de D. Maria II desde 15 de Outubro de 1833 até 10 de Setembro de 1836. Esta obra reproduz os documentos políticos deste estadista, fundador o Ministério da Justiça, e que em algumas ocasiões acumulou o cargo de Ministro da Fazenda, no qual traçou os planos financeiros e económicos de importância fundamental no século XIX. Estaobra precede qualquer biografia deste jurisconsulto devido à dificuldade em biografar uma personagem que teve uma actuação política ao longo de mais de meio século e decorrendo ao longo de seis períodos completamente diferentes, tal como adverte o editor. No volume final (suplemento) publica-se em apêndice o Catálogo da Livraria de José da Silva Carvalho, feito por Inocêncio Francisco da Silva. Este estadista notabilizou-se como defensor da causa das populações durante as Invasões Francesas e como organizador da revolução de 1820. Durante o período da Guerra Liberal D. Pedro ouvia-o com a maior atenção, escolhendo-o para Ministro da Fazenda, foi vice-presidente da Câmara dos Pares, membro da Academia Real das Ciências, e Grão-mestre da Maçonaria. Inocêncio V, 123. "Grão cruz da ordem de S. Tiago da espada, e da de Carlos III de Hespanha; Par do reino; Conselheiro d'Estado; Ministro e Secretario d'Estado Honorario; Presidente do Supremo Tribunal de Justiça; Bacharel formado em Direito pela Universidade de Coimbra; socio da Academia Real das Sciencias de Lisboa, etc. Nasceu no logar das Dianteiras, districto de Viseu, em 19 de Dezembro de 1782, e morreu em lisboa a 7 (?) De Septembro de 1856. Logo apoz o falecimento, sahiu a seu respeito uma noticia biographica em um dos numeros do Braz Tisana do referido mez. Elle, e José Ferreira Borges foram os primeiros que, unidos a Manuel Fernandes Thomás, projectaram e organisaram em 1818 a associação denominada Synedrio, que preparou, dispoz e levou ao fim a Revolução politica de 24 de Agosto de 1820; sendo n'esse dia eleito secretario com voto da Junta Provisoria do Governo Supremo do Reino, installada no Porto. Em 27 de Janeiro de 1821 foi nomeado pelas Côrtes membro da Regencia encarregada do governo do Estado durante a ausencia d'El Rei. Chegado a Lisboa o sr. D. João VI em 3 de julho do mesmo anno, e tractando se da organisação de ministerio, foi José da Silva Carvalho escolhido para a pasta dos Negocios Ecclesiasticos e de Justiça, a qual conservou até á queda da Constituição em Maio de 1823." Language: Português / Portuguese Location/localizacao: 4-1-A-15. Seller Inventory # 0907JC129

More information about this seller | Contact this seller 17.

CODIGO COMMERCIAL PORTUGUEZ. [1851].: FERREIRA BORGES. (José)

FERREIRA BORGES. (José)

Used
Hardcover

Quantity Available: 1

From: Livraria Castro e Silva (Lisboa, Portugal)

Seller Rating: 5-star rating

Add to Basket
Price: US$ 179.69
Convert Currency
Shipping: US$ 26.75
From Portugal to U.S.A.

Destination, Rates & Speeds

About this Item: Hard Cover. Condition: Good. SEGUIDO DE DOUS APPENDICES, QUE CONTÊM A LEGISLAÇÃO QUE TEM ALTERADO ALGUNS DE SEUS ARTIGOS. COIMBRA: NA IMPRENSA DA UNIVERSIDADE. 1851. In 8º gr (de 22x14 cm) com [13], 535 pags. Brochado da época. Exemplar por aparar e com apontamentos a lápis, coevos e pertinentes em comentário a cada artigo, nas margens do texto. Obra resultante do estudo, compilação e organização de Ferreira Broges, baseado no aperfeiçoamento de códigos comerciais estrangeiros, dedicado ao Imperador D. Pedro IV de Portugal e I do Brasil, tendo o mesmo decretado pelo seu Ministro de Estado José da Silva Carvalho "Querendo dar-vos um público testemunho do muito apreço em que tenho o relevante serviço que haveis feito à Nação na obra que felizmente ultimastes: Houve outro sim por bem nomear-vos Supremo Magistrado do Comercio, e Juiz Presidente do Tribunal Comercial de 2ª Instancia, sem prejuízo de qualquer reconhecimento e galardão que as Cortes vos hajão de decretar] [manda o Duque de Bragança, Regente, em Nome da Rainha, declarar ao Conselheiro José Ferreira Borges que a venda do Codigo Comercial lhe pertence] [ pelo espaço de quatorze anos] [ Lei em 25 de Novembro de 1833]. Inocêncio IV, 327 e 330: "JOSÉ FERREIRA BORGES, Bacharel formado em Canones pela Universidade de Coimbra em 1805: Advogado na cidade do Porto, sua patria, desde 1808 até 1820; Secretario da Junta da Companhia dos vinhos do Alto-Douro em 1818; Membro da Junta provisional do Governo Supremo do Reino, proclamada no dia 24 de Agosto de 1820; para cujos successos concorreu tão activamente como consta das suas biographias, e das Revelações e Memorias do seu consócio Xavier de Araujo; Deputado ás Côrtes constituintes em 1821; Conselheiro de Estado em 6 de Março de 1823; emigrado em Londres desde Junho do mesmo anno até Fevereiro de 1827; e novamente em Fevereiro do anno seguinte até Septembro de 1833; Supremo Magistrado do Commercio, e Juiz presidente do Tribunal Commercial de segunda instancia, por carta regia de 18 de Septembro do mesmo anno; demittido de todos os cargos, por assim o haver requerido, em 19 de Septembro de 1836. Nasceu no Portoem 1786, e ahi morreuem 1838, havendo perdido totalmente a vista quatro annos antes. Codigo Commercial Portuguez. Lisboa, na Imp. Nacional 1833. fol. Porto, Typ. de D. Antonio Moldes 1846. 8.o gr. de XVI 477 pag., e mais uma com a errata. [.] Tem tido mais algumas reimpressões. Eis-aqui a opinião que formou a respeito do Codigo o illustre jurisconsulto Manuel Antonio Coelho da Rocha: «N’elle se acha regulado tudo o que diz respeito às pessoas, obrigações, organisação do fôro, e fórma do processo commercial, com uma segunda parte sobre commercio maritimo. Seu auctor compilou as mais providentes disposições dos codigos das nações cultas da Europa, porém acumulando definições e principios geraes, que em obra de tal natureza muito bem se poderiam dispensar. Nota-se-lhe em muitos logares confusão nas materias e irregularidade na redacção, e em outros a insersão de principios deslocados e sem uso.» Language: Português / Portuguese Location/localizacao: 9-5-F-15. Seller Inventory # 1508JC061

More information about this seller | Contact this seller 18.

MESTRE FRANCEZ: CLAMOPIN DURAND, Francisco.

CLAMOPIN DURAND, Francisco.

Used
Hardcover

Quantity Available: 1

From: Livraria Castro e Silva (Lisboa, Portugal)

Seller Rating: 5-star rating

Add to Basket
Price: US$ 179.69
Convert Currency
Shipping: US$ 26.75
From Portugal to U.S.A.

Destination, Rates & Speeds

About this Item: Hard Cover. Condition: Good. ou Novo Methodo para aprender com perfeição, e ainda sem mestre, a Lingua Francesa por meio da Portugueza, Confirmado com Exemplos escolhidos, e tirados dos melhores authores, Offerecido Á Estudiosa Mocidade Portugueza Por Sexta Edição emendada de muitos erros, E acrescentada com a Formação das Conjugações dos Verbos Regulares, e da Verdadeira Orthografia Franceza. (Vinheta) Lisboa. Na Offic. De Simão Thaddeo Ferreira. Anno M. DCC. LXXXXVIII. (1798) Com Licença da Meza do Desembargo do Paço. Vende-se na loja de Pedro José Rei, Mercador de livros ao Chiado na esquina da rua nova de S. Francisco. De 20x15 cm. Com [vi] 456 págs. Encadernação da época inteira de pele com nervos na lombada, afectada por humidade. Exemplar com manchas de humidade e assinatura de posse coeva na folha de rosto. Sexta edição rara do melhor e mais difundido método para aprender francês, através do português, editado no século XVIII. Obra muito rica em informação sobre o uso da língua francesa. Importante para o estudo da época durante a qual as ideias e os costumes sofreram uma forte e profunda influência da cultura francesa. Pedro José Rei foi um mercador de livros com loja no Chiado entre 1785 e 1799. Todas as palavras, frases, conjugações de verbos e exemplos são dados em português, francês e muitos tem a transcrição fonética do francês. Inclui extractos de clássicos franceses com a tradução portuguesa, provérbios, exemplos de cartas, guia de conversação e vocabulário dos termos mais usados. O autor, professor de língua francesa foi preceptor da família Lancastre e dedicou a primeira edição a D. António de Lancastre, Brigadeiro dos Exércitos de Sua Majestade Fidelíssima. Inocêncio II. 365. FRANCISCO CLAMOPIN DURAND, Professor de lingua franceza na cidade do Porto. Ignoro a sua naturalidade e mais circumstancias, que lhe dizem respeito, por não haver ainda resultado das diligencias que emprehendi. E. 679) O Mestre francez, ou novo methodo para aprender a lingua franceza por meio da portugueza, confirmada com exemplos escolhidos e tirados dos melhores auctores. Porto, na Offic de Francisco Mendes Lima 1767. 4.º de XVI 442 pag. É a primeira edição d"este methodo, que durante muitos annos gozou de preeminencia entre as diversas grammaticas que d"aquella lingua possuimos. Repetiramse successivamente as edições, e creio que a ultima é a decima, impressa em Lisboa, na Offic. Rollandiana 1835. 4.º. Language: Português / Portuguese Location/localizacao: 9-23-F-43. Seller Inventory # 1606PG012

More information about this seller | Contact this seller 19.

HISTORIA IMPARCIAL DOS JESUITAS. [3 Opúsculos].: BALZAC. (Honoré de)

BALZAC. (Honoré de)

Used
Hardcover

Quantity Available: 1

From: Livraria Castro e Silva (Lisboa, Portugal)

Seller Rating: 5-star rating

Add to Basket
Price: US$ 239.59
Convert Currency
Shipping: US$ 26.75
From Portugal to U.S.A.

Destination, Rates & Speeds

About this Item: Hard Cover. Condition: Good. Por H. de Balzac. Versão de G. S. [Gomes de Sousa] Offerecida ao Excellentissimo e Reverendisssimo Snr. D. Americo Bispo do Porto. Typographia Oriental. Porto. 1877. In 8º de 23x16,4 cm. com 99, [I] págs. Junto com: SILVA PINTO. (António José da) OS JESUITAS. Cartas ao Bispo do Porto. 3ª Edição, augmentada.Typographia Oriental. Porto. 1880. In 8º de 18,6x12 cm. com 84 págs. António José da Silva Pinto (1848 - 1911) Jornalista, escritor, tradutor e crítico literário. distinguiu-se por ter sido amigo e o primeiro editor das poesias de Cesário Verde. Foi um extremista político escrevendo panfletos de grande violência sobre assuntos políticos e religisos de que a presente obra é um bom exemplo. Trata-se de uma contestação da obra de Balzac e de um ataque ao Bispo do Porto, D. Américo Ferreira dos Santos Silva. Inocêncio XXII, 303-310. Junto com: BRAGA. (Alexandre) DISCURSO PRONUNCIADO NO COMICIO ANTI-JESUITICO Realizado no Theatro de Recreios a 7 de Setembro de 1885.Typographia Oriental. Porto. 1885. In 8º de 20x15 cm. com 154 págs. Ilustrado com o retrato do autor. Contém dedicatória de Deolindo de Castro,prefácio de Sá d" Albergaria, o texto do discurso, nas páginas 26 a 92, transcrição da Lei determinando a expulsão dos Jesuítas de Portugal, de 3 de Setembro de 1759, o Breve do Papa Clemente XIV determinando a supressão da Companhia de Jesus, de 21 de Julho de 1773, o relatório e o decreto de Joaquim António de Aguiar ordenando a extinção de todas as ordedns religiosas de 30 de Maio de 1834. Alexandre Braga (Porto 1868/1871? - Lisboa 1921) Advogado, jornalista, mação e membro do Partido Republicano, foi apoiante de Afonso Costa e Ministro do interior (Dezembro 1914 a Janeiro de 1915) e Ministro da Justiça em 1917. Celebrizou-se como orador sendo considerado superior a António José de Almeida. Encadernação da época com a lombada em pele com ferros a ouro. Apresenta desgaste devido ao uso com falta de pele no pé da lombada. Exemplar com algumas notas nas margens do texto e com anotações em letra coeva na página final em branco. Valioso conjunto de obras raras e importantes para o estudo das polémicas desencadeadas pelo regresso da Companhia de Jesus a Portugal e da campanha de ódio que levou à sua segunda expulção em 1910. A primeira obra é uma apologia dos méritos da Companhia de Jesus e as restantes duas são violentos ataques de escritores e políticos republicanos extremistas. Language: Português / Portuguese Location/localizacao: 9-24-C-33. Seller Inventory # 1801PG047

More information about this seller | Contact this seller 20.

VIAGEM DA CORVETA DOM JOÃO I Á: MARQUES FERREIRA. (Feliciano

MARQUES FERREIRA. (Feliciano António)

Used
Softcover

Quantity Available: 1

From: Livraria Castro e Silva (Lisboa, Portugal)

Seller Rating: 5-star rating

Add to Basket
Price: US$ 239.59
Convert Currency
Shipping: US$ 26.75
From Portugal to U.S.A.

Destination, Rates & Speeds

About this Item: Soft Cover. Condition: Good. Por Feliciano Antonio Marques Pereira Capitão e comandante da mesma corveta. Lisboa. Imprensa Nacional. 1863. De 22x15 cm. Com 221 pags, um índice. Brochado.Exemplar com o mapa desdobrável do Japão presente. Importante livro de viagens escrito com o motivo, expresso pelos autores no prefácio, de satisfazer a falta deste género de literatura e - baseando-se na obra americana de Francis Hawks de 1852 - descreve a expedição do Comodoro Perry por ordem do governo dos E. U. A. dez anos antes da viagem deste navio português. Ainda que conscientemente atrasado no tempo e no armamento este navio e a sua tripulação produzem o primeiro testemunho português de forma vivida e documentada da abertura forçada do Japão ao Ocidente e o fim da sua era feudal. O livro divide-se em 3 partes: a viagem e notícia geral do Japão; as antigas relações dos portugueses com o Japão; e o relatório apresentado ao Ministro da Marinha pelo comandante deste navio.Inocêncio II, 255 e IX, 208 "Feliciano António Marques Pereira tendo sido promovido a Capitão-de-Fragata, morreu em 1864. [EN] Narrative of the voyage around the world of a Portuguese tree masts rigged warship, in the years 1859 to 1862, to the China Seas and Japan by the order of the portuguese government and under the command of Captain Marques Pereira - the author (and commander of the corvete). He makes a parallel between his voyage and inspires his book after the work of Hawks on the expedition of Commodore Perry to Japan. These international movements to influence the Japanese government to establish diplomatic relations and cease the isolationist policy, by a strong display of naval force, is accurately analyzed by the Portuguese author and commander. The most important result of these expeditions was the collapse of the Japanese feudal government, and the modernization of Japan, although the Portuguese sailing warship is consciously considered an outdated vessel by the time. Language: Português / Portuguese Location/localizacao: 8-14-F-76. Seller Inventory # 1203JC074

More information about this seller | Contact this seller 21.

VIAGEM DA CORVETA DOM JOÃO I Á: MARQUES FERREIRA. (Feliciano

MARQUES FERREIRA. (Feliciano António)

Used
Hardcover

Quantity Available: 2

From: Livraria Castro e Silva (Lisboa, Portugal)

Seller Rating: 5-star rating

Add to Basket
Price: US$ 239.59
Convert Currency
Shipping: US$ 26.75
From Portugal to U.S.A.

Destination, Rates & Speeds

About this Item: Hard Cover. Condition: Good. Por Feliciano Antonio Marques Pereira Capitão e comandante da mesma corveta. Lisboa. Imprensa Nacional. 1863. De 22x15 cm. Com 221 pags, um índice e um mapa. Encadernação da época com lombada em pele. Ilustrado com um mapa monocromático e desdobrável do Japão (36x40 cm) impresso na litografia da Imprensa Nacional e o título "Carta do Império do Japão copiada por Siebolds correcta e adicionada pelos pelos Srs. Maury e Silas Bent officiaes da marinha americana, 1855". Exemplar preserva as capas de brochura e com ex-libris recente na folha de guarda. Importante livro de viagens escrito com o motivo, expresso pelos autores no prefácio, de satisfazer a falta deste género de literatura e - baseando-se na obra americana de Francis Hawks de 1852 - descreve a expedição do Comodoro Perry por ordem do governo dos E. U. A. dez anos antes da viagem deste navio português. Ainda que conscientemente atrasado no tempo e no armamento este navio e a sua tripulação produzem o primeiro testemunho português de forma vivida e documentada da abertura forçada do Japão ao Ocidente e o fim da sua era feudal. O livro divide-se em 3 partes: a viagem e notícia geral do Japão; as antigas relações dos portugueses com o Japão; e o relatório apresentado ao Ministro da Marinha pelo comandante deste navio. Os capítulos do livro analisam temas tão variados como as negociações diplomáticas para o tratado de comércio; a descrição das cidades japonesas; os usos e costumes; o poder e intrigas da aristocracia no qual reside a força militar do império japonês; a literatura e belas artes no Japão; e a história da igreja católica no Japão baseada no livro de Crasset de 1754; e o capitulo V baseado na obra de Hawks. Inocêncio II, 255 e IX, 208 "Feliciano António Marques Pereira tendo sido promovido a Capitão-de-Fragata, morreu a 13 de Junho de 1864. Comendador da ordem de Avis, e cavaleiro da de N. S. da Conceição, Capitão-tenente da Armada Nacional, ex-Intendente da Marinha em Goa; vêm a seu respeito alguns apontamentos biográficos na Gazeta de Portugal n.º 472, de 17 do dito mês. Deles consta que assentara praça no Corpo da Armada Nacional em 1821, falecendo com 62 anos de idade e 43 de serviço". [EN] Narrative of the voyage around the world of a Portuguese tree masts rigged warship, in the years 1859 to 1862, to the China Seas and Japan by the order of the portuguese government and under the command of Captain Marques Pereira - the author (and commander of the corvete). He makes a parallel between his voyage and inspires his book after the work of Hawks on the expedition of Commodore Perry to Japan. These international movements to influence the Japanese government to establish diplomatic relations and cease the isolationist policy, by a strong display of naval force, is accurately analyzed by the Portuguese author and commander. The most important result of these expeditions was the collapse of the Japanese feudal government, and the modernization of Japan, although the Portuguese sailing warship is consciously considered an outdated vessel by the time. Language: Português / Portuguese Location/localizacao: 8-11-C-3. Seller Inventory # 1204JC088

More information about this seller | Contact this seller 22.

VIDA DE D. JOÃO DE CASTRO, QUARTO: FREIRE DE ANDRADE.

FREIRE DE ANDRADE. (Jacinto)

Used
Hardcover

Quantity Available: 1

From: Livraria Castro e Silva (Lisboa, Portugal)

Seller Rating: 5-star rating

Add to Basket
Price: US$ 239.59
Convert Currency
Shipping: US$ 26.75
From Portugal to U.S.A.

Destination, Rates & Speeds

About this Item: Hard Cover. Condition: Good. Por Jacinto Freyre de Andrade. Nova ediçaõ. Na Typographia Rollandiana. Lisboa. 1839. In 8º (de 15x10 cm) com 341 pags. Encadernação inteira de pele cansada com ferros a ouro. Ilustrado com o retrato de D. João de Castro em anterrosto e a gravura do altar de S. Tomé em Meliapor, na página 42. Inocêncio III, 239: 'Depois de cinco edições, mencionadas por Barbosa, continuou a ser muitas vezes reimpressa, por exemplo: Lisboa, por Domingos Rodrigues 1747. 4.° de IV 371 pag. París, na Offic. de Francisco Ambrosio Didot 1759. 12.º Ibi (acrescentada da vida do auctor) na Offic. de Stoupe 1779. 8.º de XX 484 pag. Lisboa, na Offic. de Antonio Gomes 1786. 8.º Ibi, na Offic. de Simão Thaddeo Ferreira, 1798. 8.º Ibi, na Imp. Regia 1804. 8.º Madrid, 1804. 8.º París, na Offic. de J. Smith 1818. 12.º Lisboa, na Typ. Rollandiana 1786, 1815, 1822, 1834, e 1839. 8.º Pernambuco, 1844. 8.° etc, etc". O Segundo Cerco à fortaleza portuguesa de Diu pelas forças do sultanato do Guzerate, capitaneadas por Coge Sofar, mercador e senhor de Surrate, teve lugar entre Abril e Novembro de 1546. Este acontecimento de incontestável importância para o "Estado da Índia", definiu a governação do Vice-Rei D. João de Castro (1545-1548) e representou a derradeira tentativa guzerate para retomar a fortaleza de Diu, anteriormente entregue aos portugueses em 1535. Coja Sofar, cujo retrato figura nesta obra, era senhor de Cambaia e aliado aos turcos de Sulimão Paxá. Foi derrotado pelos portugueses no segundo cerco de Diu, comandados em terra por D. João de Mascarenhas e por mar por D. João de Castro. Pereceu nesta luta o próprio Coja Sofar e D. Fernando de Castro, filho do Vice-Rei português. [EN] Work on the war and siege of the Indian city of Diu and the defeat of the Army and Muslin Fleet, which is one of the most celebrated heroic deeds of the Portuguese in India. The Second Siege of the Portuguese fortress of Diu, between April and November of 1546, laid by the forces of the Sultanate of Gujarat, commanded by Khwaja Safar, merchant and lord of Surat was of undeniable importance to the Portuguese 'State of India'. It defined part of the government of Vice-Roy D. João de Castro (1545-1548) and represented the last Gujarati attempt to retake the fortress of Diu, delivered to the Portuguese in 1535. Language: Português / Portuguese Location/localizacao: 9-23-C-33. Seller Inventory # 1307CC108

More information about this seller | Contact this seller 23.

NEVES. (José Accurcio das)

Used
Softcover

Quantity Available: 1

From: Livraria Castro e Silva (Lisboa, Portugal)

Seller Rating: 5-star rating

Add to Basket
Price: US$ 239.59
Convert Currency
Shipping: US$ 26.75
From Portugal to U.S.A.

Destination, Rates & Speeds

About this Item: Soft Cover. Condition: Good. POR LISBOA: Na Tipografia de Simão Thaddeo Ferreira. ANNO DE 1823. In 8.º de 21,6x15,6 cm. com 135 págs. numeradas de 82 à 216. Brochado, com capas de papel fantasia da época. Contém a Carta XI até à Carta XXVII. Fonte muito valiosa para o estudo do confronto entre as correntes de pensamento tradicionais e liberais. Nesta obra o autor expõe a sua interpretação dos acontecimentos políticos causados pela Revolução de 1820. José Acúrsio das Neves (Fajã 1766 –Sarzedas 1834) Magistrado, político, historiador, ensaísta e um dos percussores do industrialismo. Foi um dos mais destacados apoiantes de D. Miguel e todas as suas obras são notáveis pela clareza de exposição e rigor de pensamento. Inocêncio IV, 182-183. 2157) Cartas de um portuguez a seus concidadãos. Ibi, 1822. 4.º Dividem-se em varias partes: 1.ª Materia e motivos da presente obra. 2.ª Sobre um papel de Manuel Antonio Vellez Caldeira, publicado no Diario do Governo n.º 132. 3.ª O despotismo e a anarchia, etc. O n.º 2157 contem 27 Cartas, que comprehendem 216 pag. As Cartas de um portuguez (n.º 2157) são ao todo 27, formando um volume de 217 pag. Inocêncio XII, 197. As primeiras 8 impressas em 1822, as seguintes publicadas já depois da quéda da constituição em 1823, com frontispicio novo, porém continuando a numeração. Language: Português / Portuguese Location/localizacao: M-5-C-3. Seller Inventory # 1704PG006

More information about this seller | Contact this seller 24.

FORMULARIO DOS MEDICAMENTOS PARA O HOSPITAL NACIONAL
Add to Basket
Price: US$ 239.59
Convert Currency
Shipping: US$ 26.75
From Portugal to U.S.A.

Destination, Rates & Speeds

About this Item: Hard Cover. Condition: Good. Imprensa Nacional. Lisboa. 1866. In 8º de 24x15,5 cm. Com ix, [ii], 80 págs. Encadernação da época inteira de pele, com ferros a ouro na lombada. Apresenta desgaste devido ao manuseamento e falta de pele na parte superior da lombada. Contém nas folhas preliminares a portaria que aprovou este formulário, prefácio subscrito pelos membros da comissão em que se explicam os critérios seguidos e uma tabela com a correspondência entre os pesos métricos franceses e os pesos medicinais portugueses. Inclui 422 medicamentos, com os elementos que os compunham e os valores das doses em pesos medicinais portugueses e com os correspondentes pesos métricos franceses entre parênteses. Raro e valioso livro de medicina do Século XIX, que substituiu o anterior formulário, que estava em vigor desde 1844. Inocêncio não regista, este livro mencionando apenas o Formulário do Hospital de S. José de 1828 e posteriormente é referida a existência de um formulário de 1866 quando regista a publicação do formulário que o substituiu em 1885. Os elementos que compunham a Comissão que redigiu este formulário eram: Dr. Francisco António Barral, Caetano Maria Ferreira da Silva Beirão, António Maria Barbosa, Joaquim Theotonio da Silva e Eduardo Augusto Motta. Inocêncio VII, 14 e XIII, 229. Language: Português / Portuguese Location/localizacao: 8-9-H-29. Seller Inventory # 1710PG098

More information about this seller | Contact this seller 25.

A MUSICA AO ALCANCE DE TODOS.: FETIS. (Mr.)

FETIS. (Mr.)

Used
Hardcover

Quantity Available: 1

From: Livraria Castro e Silva (Lisboa, Portugal)

Seller Rating: 5-star rating

Add to Basket
Price: US$ 299.49
Convert Currency
Shipping: US$ 26.75
From Portugal to U.S.A.

Destination, Rates & Speeds

About this Item: Hard Cover. Condition: Good. Noticia succinta de tudo o que é necessario para ajuizar e fallar d"esta Arte sem a ter estudado. Por . Mestre de Capella de S, M. o Rei dos Belgas e Director do Conservatorio de Musica. Traduzida em Portuguez por José Ernesto D"Almeida. Typographia Commercial. Porto. 1845. De 21x15 cm. Com 290 págs. Encadernação da época com lombada e cantos em pele. Ilustrado no texto com notação musical. Exemplar com título de posse na folha de rosto 'Do Pe. Antonio Joze Gomes Ferreira, Braga, rua do Souto n.º 18' e ex-libris de Maria Amelia Cruz nas folhas de guarda. Apresenta o seguinte mote: "Quel art donne des jouissances ausi pures et laisse dans le coeur une impression plus profonde? Tous les peuples du monde chantent et dansent; il y en a bien peu qui connaissent la peinture et la poésie. Castil-Blaze". Inocêncio IV, 311. "JOSÉ ERNESTO DE ALMEIDA, Egresso da Congregação dos Conegos Seculares de S. João Evangelista, cujo instituto professára aos dezoito annos d’edade no de 1825, e n’elle permaneceu até á extincção das Ordens regulares em 1834. Applicou-se ás sciencias proprias do seu estado, e mais particularmente á arte da musica, que fôra desde a infancia a da sua maior predilecção. Tendo exercido no convento as funcções de Organista, deu-se depois ao ensino particular da mesma arte, e á composição de varias peças, em que ha feito prova dos conhecimentos adquiridos no estudo do contraponto.— N. na cidade do Porto a 27 de Septembro de 1807. De seu pae Henrique Ernesto de Almeida Coutinho fica já feita a devida commemoração no volume III d’este Diccionario.— E. 3119) A Musica ao alcance de todos, por F. J. Fetis, traduzida em portuguez. Porto, na Typ. Commercial 1845. 4.º de 290 pag.— Segunda edição, accrescentada com o Diccionario de Musica. Ibi, Typ. de Sebastião José Pereira 1859. 8.º gr. de 275-128 pag. (1) As suas obras musicaes, de que hei noticia por uma nota autographa que tenho presente, e que parece se conservam até agora ineditas, são: 1.º Quatro Sonatas para piano com acompanhamento de violino e violoncello ad libitum. 2.º Symphonia a grande orchestra, dedicada á Sociedade Philarmonica Portuense, de que é membro. 3.º Abertura para orchestra. 4.º A Opera Norma de Bellini, arranjada para quinteto de flauta, dous violinos, viola e violoncello. 5.° Varios trechos da mesma opera, só para piano. 6.º Duas quadrilhas para piano. 7.º Variações para rebeca sobre a canção italiana Già la notte s’avvicina, etc. NOTAS (1) Consta que ha tambem exemplares em separado do Diccionario das palavras que habitualmente se adoptam em musica, traduzido e accrescentado de F. J. Fétis, 8.º gr. de 128 pag. E com esta mesma numeração se acha depois das VIII 2753 paginas da obra principal, descripta sob n.° 3119, na edição de 1859." Existe apenas um exemplar registado na BNP. M. 1310 V. Language: Português / Portuguese Location/localizacao: 9-23-F-52. Seller Inventory # 1511IA061

More information about this seller | Contact this seller 26.

OPUSCULO THEOLOGICO DAS CONSTITUIÇÕES,: SECO FERREIRA. (Luís)

SECO FERREIRA. (Luís)

Used
Hardcover

Quantity Available: 1

From: Livraria Castro e Silva (Lisboa, Portugal)

Seller Rating: 5-star rating

Add to Basket
Price: US$ 359.38
Convert Currency
Shipping: US$ 26.75
From Portugal to U.S.A.

Destination, Rates & Speeds

About this Item: Hard Cover. Condition: Good. OU Bullas, Cartas circulares, e Decretos Apostólicos DO SANTISSIMO PADRE BENEDICTO PAPA XIV. Elucidadas com várias Resoluções Moraes, e Juristas, utilissimas aos Parochos, Confessores, Religiosos, e Ministros, COMPOSTO PELO LICENCIADO ANTONIO FERREIRA, Comissario do Santo Officio, Conego Magistral na Cathedral do Bispado de Lamego, e Examinador Synodal, OFFERECIDO A’ GLORIOSISSIMA V. MARIA Mãy do Eterno Verbo, Emperatriz dos Ceos, Rainha dos Anjos, e Senhora do Universo. COIMBRA: Na Officina de LUIS SECCO FERREIRA, Anno M.DCC.LIX. [1759]. In 4º (De 20x15 cm) com xxviii-543 pags. Encadernação da época inteira de pele. Lombada com ferros a ouro por nervos e casas fechadas. Inocêncio VIII, 146 "ANTONIO FERREIRA (4.º) Nada mais consta de suas circumstancias pessoaes. [2464] Opusculo theologico das constituições, bullas, cartas circulares, e decretos apostolicos do SS. P. Benedicto XIV, elucidado com varias resoluções moraes etc. Coimbra, na Offic. de Luis Secco Ferreira 1759. 4.º - Menciono este livro, por não acha-lo descripto na Bibl. Lus., onde, segundo a data, devera ter entrado". Language: Português / Portuguese Location/localizacao: M-3-C-28. Seller Inventory # 0904JC127

More information about this seller | Contact this seller 27.

ORTHOGRAPHIA, OU ARTE DE ESCREVER,: MADUREIRA FEIJÓ (João

MADUREIRA FEIJÓ (João de Morais)

Used
Hardcover

Quantity Available: 1

From: Livraria Castro e Silva (Lisboa, Portugal)

Seller Rating: 5-star rating

Add to Basket
Price: US$ 359.38
Convert Currency
Shipping: US$ 26.75
From Portugal to U.S.A.

Destination, Rates & Speeds

About this Item: Hard Cover. Condition: Good. E pronunciar com acerto A LINGUA PORTUGUEZA. PARA USO DO EXCELLENTISSIMO DUQUE DE LAFOENS. PELO SEU MESTRE JOAÕ DE MORAES MADUREIRA FEYJÓ, Da Nobilissima Casa dos Morgados de Parada, Solar dos Madureyras Feyjós deste Reyno, Bacharel em Theologia, e Prior que foi da Igreja Parochial da Villa de Ansaã. Divide-se em tres Partes, a primeira de cada hua das letras, e da sua pronunciaçaõ. Das vogaes, e Dithongos. Dos accentos, ou tons da pronunciaçaõ. A segunda de como se dividem as palavras. Da pontuaçaõ, alguas abbreviaturas, conta dos Romanos, e Latinos, Calendas, Nonas, e Idos. A terceira dos erros do vulgo, e emendas da Orthographia, no escrever, e pronunciar toda a lingua Portugueza, verbos irregulares, palavras dubias, e as suas significaçoens. Huma breve instrucçaõ para os Mestres das Eschólas. Segunda Impressaõ. COIMBRA: Na Officina de LUIS SECCO FERREIRA, Anno de 1739. In 4º (de 21x16 cm) com [vii], 548, [ii] pags. Encadernação da época inteira de pele. INOCÊNCIO III, 422: 'João de Morais Madureira Feijó, Jesuíta, Bacharel em Teologia pela Universidade de Coimbra, e Prior na vila de Ançã, bispado da mesma cidade. Nasceu nas proximidades de Bragança, na freguesia de S. Gens de Parada, em 1688, e morreu em 1741. O Padre Madureira tem sido sempre reputado por um dos mais conspícuos expositores do método gramatical do jesuíta Manuel Alvares, porque em seu tempo se ensinava nas escolas de todo o reino. Veja-se porém, no que diz respeito à inutilidade da Arte, e ao detrimento que ela viera causar aos estudos da boa latinidade o que diz João Pedro do Valle (isto é, o professor Antonio Félix Mendes) na terceira carta das que publicou com o título Memorias para a historia literaria de Portugal. «ORTHOGRAPHIA, ou arte de » [etc] Lisboa, por Miguel Rodrigues 1734. Segunda edição, Coimbra, por Luis Secco Ferreira 1739. 4.º de VIII 548 pag. Multiplicaram-se depois as edições sucessivamente, sempre com a indicação de mais correctas, ate á decima, que é de Lisboa, 1824. Depois desta saíram ainda não sei quantas. Uma que tenho presente, com a designação de nova edição mais correcta é de Lisboa 1836. O caso é que todas se acham hoje exaustas, por modo que se trata de publicar com toda a brevidade uma, que me dizem estar no prelo'. Language: Português / Portuguese Location/localizacao: M-9-B-41. Seller Inventory # 1210JC148

More information about this seller | Contact this seller 28.

RIMAS VARIAS, FLORES DO LIMA.: BERNARDES. (Diogo)

BERNARDES. (Diogo)

Used
Hardcover

Quantity Available: 1

From: Livraria Castro e Silva (Lisboa, Portugal)

Seller Rating: 5-star rating

Add to Basket
Price: US$ 359.38
Convert Currency
Shipping: US$ 26.75
From Portugal to U.S.A.

Destination, Rates & Speeds

About this Item: Hard Cover. Condition: Good. COMPOSTAS POR DIOGO BERNARDES. LISBOA Na Officina de MIGUEL RODRIGUES. M. DCC. LXX. [1770] In 12.º de 13,5x7 cm. com [viii], 222, [i] pags. Encadernação da época inteira de pele com pequena falha na lombada. Terceira edição. Inocêncio II, 148. 'DIOGO BERNARDES, ao qual o Catalogo chamado da Academia accrescenta o appellido de PIMENTA, que sendo effectivamente de seu pae não ha com tudo memoria de que elle o usasse. Foi natural da villa de Ponte de Lima, se devemos dar credito á declaração exarada no rosto do seu livro das Rimas ao bom Jesus, e ao mais que judiciosamente se pondera no outro Catalogo de auctores, que precede o Diccionario da Ling. Port. da Acad. a pag. LXIX; ficando assim menos provavel a asserção de Barbosa, que o julgou nascido na Ponte da Barca. - Nasceu entre os annos de 1530 e 1540, e com certeza antes d'este ultimo, por ser o do nascimento de seu irmão mais moço Fr. Agostinho da Cruz. Ignoram se quaes fossem os seus estudos e occupação, até que passou á corte de Madrid na companhia de Pedro d'Alcaçova Carneiro, mandado por D. Sebastião na qualidade de seu embaixador a Filippe II. - Acompanhou depois o mesmo D. Sebastião na infeliz jornada d'Africa, e foi um dos que ficaram captivos na batalha de 4 de Agosto de 1578. Sendo resgatado voltou á patria onde viveu ainda bastantes annos em situação que, a julgarmos pelas suas queixas, não distava muito do miseravel, trazendo lhe novas difficuldades o casamento que parece contrahira n'esse intervallo. Os poetas contemporaneos de Bernardes, especialmente Antonio Ferreira e Sá de Miranda, falam d'elle com os maiores elogios. O P. Antonio Pereira de Figueiredo dá lhe o outavo logar entre os classicos da lingua, collocando o immediato a Camões. Mas Francisco José Freire é lhe menos favoravel, pois apenas o enumera entre os textos de segunda ordem. Manuel de Faria e Sousa, que não sei porque motivo se quiz mostrar seu accerrimo adversario, não só deprime o seu caracter moral, accusando o de ter roubado a Camões não menos de cinco eclogas, o poema a Sancta Ursula e outros versos que imprimiu como proprios, mas abertamente o qualifica de poeta mediocre, e falto d'ingenho. Á parte porém o plagiato, de que não serei eu quem ouse absolvel o, em vista dos fortes argumentos que n'este pleito se tem produzido contra elle, parece me que ha, no que é innegavelmente seu, merito sufficiente para assegurar lhe um logar distincto entre os poetas da eschola italiana a que pertenceu, e com especialidade entre os bucolicos. Ninguem poderá desconhecer nas suas poesias pureza de linguagem, suavidade de metrificação, e certa natural simplicidade de idéas e conceitos, que lhe conquistam a affeição dos leitores. As diversas edições das suas obras são hoje raras.Rimas varias, Flores do Lima. Lisboa, por Manuel de Lyra 1596. 8.º (Barbosa diz 1597.) - Ibi, por Lourenço Craesbeeck 1633. 32.º E ibi, por Miguel Rodrigues 1770. 12.° de XIV 222 pag. " Language: Português / Portuguese Location/localizacao: M-5-D-35. Seller Inventory # 1202CS012

More information about this seller | Contact this seller 29.

GALLERIA DOS VICE-REIS, E GOVERNADORES DA INDIA: DELORME COLAÇO. (José

DELORME COLAÇO. (José Maria)

Used
Hardcover

Quantity Available: 1

From: Livraria Castro e Silva (Lisboa, Portugal)

Seller Rating: 5-star rating

Add to Basket
Price: US$ 359.38
Convert Currency
Shipping: US$ 26.75
From Portugal to U.S.A.

Destination, Rates & Speeds

About this Item: Hard Cover. Dedicada aos illustres descendentes de taes heroes por. Cavaleiro da Ordem Militar de S. Fernando de 1ª Classe, da americana de Isabel a Catholica, e Capitam de infantaria ajudante d'ordens do Exmo. Barão do Candal, Governador Geral dos Estados da India. Em 1839 e 1840. Typographia de A. S. Coelho. Lisboa. 1841. In fólio de 27x18 cm. Encadernação com lombada e cantos em pele, lavrada com finos ferros a ouro. Ilustrado com 18 litografias, impressas na Litografia de Nossa Senhora dos Mártires, em Lisboa. Exemplar apenas aparadoà cabeça (com este corte carminado) e com ex-libris armoriado de Eugenio de Andrea da Cunha e Freitas. Esta Galeria, segundo o autor refere em colofon, é formada pela cópia exacta e minuciosa dos grandes quadros com 8 pés de alto e 4 pés de largo, que existem nas salas do Palácio do Governo em Panguim, na Índia, acompanhada de um resumo histórico em rodapé sobre os factos mais notáveis de cada vice-rei e governador. Inocêncio V, 33 e XIII, 93: José Maria Delorme Colaço, nasceu pelos annos de 1815, parte activa por elle tomada nas luctas politicas do paiz, mormente na de 1846 e 1847, em que serviu sob as bandeiras da Junta do Porto, foi de grande prejuizo para o seu accesso na carreira militar, e influiu talvez para o estado ruinoso de saude, que lhe impediu qualquer ressarcimento de futuro. Accommettido de molestia mental. Morreu a 25 de maio de 1863, com quarenta e oito annos de idade. GALERIA DOS VICE-REIS, E GOVERNADORES: são os retratos lithographados, coloridos, copiados dos quadros ou paineis que se conservam na India, e acompanhados de um brevissimo resumo historico impresso dos factos mais notaveis, que dizem respeito a taes personagens. A publicação ficou suspensa em o n.º 16, por motivo de nova partida do auctor para Goa. Na Revista Universal de 9 de Novembro de 1843 appareceu um annuncio, promettendo a continuação, porém não me consta que ella tivesse logar. Os existentes começam no de D. Francisco de Almeida, e findam com o de D. Affonso de Noronha. A Galeria comprehende 18 retratos. N'um leilão realisado em 1872 obteve 1$500 réis. No catalogo do livreiro o sr. João Pereira da Silva tem o preço de 2$600 réis'. Este exemplar apresenta um ex-libris e encontra-se anotado pelo seu antigo possuidor com a seguinte nota bibliográfica: 'É raro completo com os 18 retratos. Na livraria do Cor. Henrique de Campos Ferreira Lima tinha mais 73 retratos coloridos inéditos. Retrato de António Teles de Meneses em última página'. Language: Português / Portuguese Location/localizacao: 8-1-C-29. Seller Inventory # 1005JC360

More information about this seller | Contact this seller 30.

Results (1 - 30) of 83